Informação, publicidade e prestação de serviços a comunidade | 30 de Junho de 2022

Procon Carioca notifica Banco Itaú por falhas no sistema que ocasionaram créditos e débitos indevidos em contas

Por Tribuna em 03/03/2022
Procon Carioca notifica Banco Itaú por falhas no sistema que ocasionaram créditos e débitos indevidos em contas

O Procon Carioca, órgão vinculado à Secretaria Municipal de Cidadania, notificou o Banco Itaú para que preste esclarecimentos sobre falhas no sistema, ocorridas nesta quinta-feira (03/03). Segundo informações divulgadas pela imprensa, instabilidade no sistema bancário da empresa levou clientes a identificarem créditos e débitos repentinos em suas contas e, em seguida, a impossibilidade de acesso ao aplicativo da companhia.

Clientes do banco verificaram alterações em seus extratos, além de saques não identificados e a entrada de dinheiro não especificado. Houve relatos de valores de pagamentos feitos que retornaram às contas.

A informação teria chegado à imprensa a partir de reclamações de consumidores na rede social Twitter. O Itaú usou o mesmo canal para dar informações sobre o problema, por meio da conta oficial “Itaú #FeitoComVc (@itau)”. A empresa postou: “Oi. A gente pede desculpas pela situação, mas estamos com uma intermitência e o time de sistemas já está trabalhando pra regularizar a consulta do extrato/saldo.”

Considerando a essencialidade do serviço bancário, bem como o dever de continuidade na prestação do referido serviço, o Itaú terá cinco dias para apresentar esclarecimentos.

Entre as questões que devem ser explicadas estão: o que causou a falha no sistema bancário, qual a previsão de regularização, se os dados dos consumidores foram afetados, quais providências e procedimentos foram adotados pela empresa para com os consumidores que tiveram valores alterados de suas contas e quais medidas foram tomadas para reduzir eventuais danos experimentados pelos consumidores que foram impossibilitados de utilizar o serviço do Itaú.

 

– A falha dos serviços bancários ocasionou transtornos a muitos clientes e cabe ao Procon Carioca apurar, fiscalizar e cobrar providências – esclarece Igor Costa, diretor executivo do órgão.

Aguarde..