Informação, publicidade e prestação de serviços a comunidade | 18 de Maio de 2021

Pandemia: Governo e setor privado norte americano revelam que doaram US $ 76 milhões para combater Covid-19 no Brasil

As doações anunciadas por parte dessas iniciativas do setor privado dos Estados Unidos totalizam aproximadamente US $ 57 milhões (R $ 314 milhões)

Por Tribuna em 16/04/2021
Pandemia: Governo e setor privado norte americano revelam que doaram US $ 76 milhões para combater Covid-19 no Brasil

O governo dos Estados Unidos e o setor privado empenhados em ajudar o povo brasileiro a combater a COVID-19 no Brasil já disponibilizaram mais de US $ 76 milhões (R $ 418 milhões) em uma série de iniciativas, incluindo doação de equipamentos de saúde, alimentos, produtos de higiene e proteção individual, além de projetos de apoio ao empreendedor, inteligência artificial e combate à desinformação. 

O evento financeiro é fruto de uma ação conjunta que reúne a Câmara Americana de Comércio do Brasil (Amcham), a Embaixada dos Estados Unidos e o Grupo + Unidos  realizaram um levantamento com cerca de 70 empresas americanas e suas iniciativas de combate aos impactos do COVID-19 no Brasil.  

Leia também: Pandemia: CPI envolvendo governadores e prefeitos vai abrir a “caixa-preta da corrupção da saúde

Queiroga diz que 1,5 milhões de brasileiros perderam o prazo da segunda dose da vacina

As doações anunciadas por parte dessas iniciativas do setor privado dos Estados Unidos totalizam aproximadamente US $ 57 milhões (R $ 314 milhões). Além das empresas que anunciaram doações em dinheiro, outras divulgaram ações sem especificar valor monetário, como mudança de linha de produção, doação de licenças, créditos, produtos, treinamento e expertise para apoiar os brasileiros durante a pandemia. 

Amazônia 

O governo dos Estados Unidos já anunciou assistência para mitigar os impactos socioeconômicos e de saúde do COVID-19, totalizando mais de US $ 19,7 milhões. Esses fundos incluem assistência humanitária para saúde de emergência e intervenções de água, saneamento e higiene no Brasil (US $ 6 milhões). Também inclui apoio a comunidades vulneráveis, com foco na região amazônica (US $ 2 milhões) e para refugiados no Brasil (US $  500.000).   

Fundos adicionais também irão melhorar a detecção e rastreamento de casos, a identificação de áreas de transmissão, o controle de surtos e o fornecimento de dados (US $ 3 milhões), bem como ajudar a mitigar o sócio - impacto econômico sobre as populações em risco (US $ 950.000).  

O Comando Sul do Departamento de Defesa dos Estados Unidos doou US $ 45.000 em equipamentos de proteção individual para equipes médicas e alimentos em Manaus e na região amazônica. Outros U $ 82.000 foram usados para combater a desinformação COVID-19 em comunidades pobres. 

Editoria Tribuna Press/Consulado Americano no Brasil/Imagens da Internet.

 

Aguarde..