Informação, publicidade e prestação de serviços a comunidade | 28 de Maio de 2022

Novo ministro já chamou Bolsonaro de fascista e Lula de melhor presidente da história

Senador, que está fora do Brasil, já comunicou o aceite a outros caciques do Centrão e a lideranças do partido do PP; em conversa com Rodrigo Pacheco disse que pretende ser uma ponte entre o Congresso Nacional e o Planalto

Por Tribuna em 21/07/2021
Novo ministro já chamou Bolsonaro de fascista e Lula de melhor presidente da história

DA REDAÇÃO - O senador Ciro Nogueira (PP-PI), novo ministro da Casa Civil, já chamou Jair Bolsonaro de fascista em 2017 (veja vídeo no final da matéria). Na ocasião, o parlamentar também fez elogios ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que atualmente lidera todas as pesquisas eleitorais.

"Ele tem um caráter fascista, preconceituoso", afirmou Ciro sobre Bolsonaro. "É muito fácil você ir para a televisão dizer que vai matar bandido", acrescentou.

Ao fazer referência a Lula, o senador afirmou que o petista foi "o melhor presidente da história desse país, principalmente, para o Piauí e para o Nordeste". "Não me vejo votando contra o Lula por tudo o que ele fez, tudo o que ele tirou de miséria do povo".

Agora aliado do 'fascista' e 'inimigo' do 'melhor presidente da história'
No melhor estilo general Heleno, que imortalizou o "Se gritar pega Centrão", agora tudo é passado e hoje o presidente nacional do PP, senador Ciro Nogueira (PI), já ligou para o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), no início da tarde desta quarta-feira (21/07). Durante a conversa, que durou cerca de 15 minutos, o senador informou ao presidente da Casa querer aceitar o cargo de ministro da Casa Civil do Governo Federal. A informação é da CNNBrasil, que afirmou ter conversado com Ciro Nogueira, que está no México.

O tom da conversa entre o presidente do PP e Pacheco foi amistoso. Ciro Nogueira disse que pretende ser uma ponte entre o Congresso Nacional e o Palácio do Planalto e servir como conciliador entre os Poderes quando assumir a Pasta. Procurado, o presidente do Senado não comentou a ligação.

Ciro Nogueira falou também sobre a reunião que tratou da mudança nos ministérios, discutida na tarde desta terça-feira (20), no Palácio do Planalto. Ainda segundo o próprio senador, a expectativa é que o atual ocupante da Casa Civil,  Luiz Eduardo Ramos, seja alocado na Secretaria Geral da Presidência, no lugar de Onyx Lorenzoni, que assumiria a pasta do Ministério do Trabalho, que deve ser recriado.

“Bolsonaro já não manda mais em nada”
O vice-presidente da Câmara dos Deputados, Marcelo Ramos (PL-AM), usou as redes sociais para afirmar que a ida do senador e líder do Centrão, Ciro Nogueira (PP-PI), para a Casa Civil comprova que Jair Bolsonaro “terceirizou” o governo e "não manda mais em nada”.

“Orçamento terceirizado. Cargos terceirizados. Governo terceirizado. Pra que semipresidencialismo se o presidente já não manda nada?”, postou o parlamentar no Twitter.

A postagem foi feita pouco depois de Bolsonaro anunciar que fará uma reforma ministerial na próxima segunda-feira (26). A troca de cadeiras visa assegurar o apoio do Centrão no Congresso.

Todas as pesquisas para presidência têm apontado Lula disparado na frente de Bolsonaro, que vive seu pior momento.

A pesquisa Datafolha divulgada neste mês apontou tendência de vitória no primeiro turno. Lula alcançou 58% dos votos contra 31% de Bolsonaro. (Da CNN com agências)

Assista o vídeo
https://youtu.be/qFjsHkZrjzw

 

Publicidade
Aguarde..