Informação, publicidade e prestação de serviços a comunidade | 19 de Agosto de 2022

Na polarização política dos camarotes, Bolsonaro levou a pior

Por Tribuna em 24/04/2022

Da Agenda do Poder - A Marques de Sapucaí exibiu na noite de sábado (23) cenas do confronto político em que o Brasil se divide com a aproximação das eleições presidenciais. O camarote Favela, organizado pelo vice-presidente nacional do PT Washignton Quaquá, tornou-se naturalmente o bastião de Lula na avenida. Exatamente no lado oposto localiza-se o camarote Arpoador, que, após receber a presença do Senador Flávio Bolsonaro, se transformou na trincheira bolsonarista.

Quis o destino que a posição de um camarote ficasse rigorosamente defronte ao outro, reproduzindo na Sapucaí um microcosmo do confronto que se espraia pelo país. Os adeptos de Lula do Favela ao avistarem o filho do presidente do outro lado da avenida, passaram a vaiá-lo. Em menor número, os bolsonaristas tentaram reagir, mas acabaram superados pelo coro uníssono do “Olê, Olê, Olá… Lu lá, Lu lá”.

Incomodado, Flávio Bolsonaro respondeu com ironia fazendo coraçãozinho com as mãos, o que atiçou ainda mais os gritos contra o presidente atual.

No camarote Favela circularam figurões do PT, como a tesoureira nacional, Gleidi Andrade, e o secretário nacional de comunicação, Jilmar Tatto.

Um sonoro Fora Bolsonaro também ecoou aqui o Setor 3 da Sapucaí no primeiro dia de desfiles do Grupo Especial! narrou Lucas rocha da Arquibancada no seu Tweet.

Vídeo do protesto clique Lula nas arquibancadas.

Aguarde..