Informação, publicidade e prestação de serviços a comunidade | 07 de Dezembro de 2021

Medalhas em Tóquio movimentam mercado de skate no Brasil

Levantamento feito pela OLX apresenta aumento vertiginoso tanto de busca como de vendas da modalidade que conquistou duas pratas nas Olímpiadas e novos adeptos em todo o país

Por Tribuna em 29/07/2021
Medalhas em Tóquio movimentam mercado de skate no Brasil

A pequena Rayssa Leal deu o que falar nos Jogos Olímpicos e, com apenas 13 anos, levou para casa a medalha de prata na modalidade Street. No masculino Kelvin Hoefler foi quem se destacou e também ficou com o segundo lugar. Mas o fenômeno é mesmo a menina mais conhecida como Fadinha do Skate, que ganhou quase 4 milhões de seguidores nas redes sociais em uma conquista daquelas de fazer nascer novos fãs a cada minuto.

E com esse boom de apaixonados por seu carisma e sua performance ganha também a modalidade. Levantamento feito pela OLX, uma das maiores plataformas de e-commerce do Brasil, a busca pelo termo skate street apresentou um aumento de 153% entre 25 e 26 de julho em comparação com o mesmo período do mês anterior. Em relação às vendas, o aumento foi de 51% para skate e 67% para skate longboard.

A pesquisa mostra que o interesse na intenção de busca tem relação direta com a modalidade que rendeu medalhas para o Brasil, mas também houve maior procura por outras modalidades. O skate longboard, teve um crescimento de 96% na procura, e o skate swingboard, 33%. O interesse por skate elétrico cresceu 20% no período, enquanto somente o termo skate teve um aumento de 102% nas pesquisas.

Já em relação às vendas, a maior variação foi no termo skate longboard, que registrou 67% de alta, seguido pelo termo skate, com variação de 51%. Skate street e skate swingboard registraram incrementos de 2% e 1% respectivamente.

"As medalhas conquistadas pelo Brasil no Skate, modalidade que estreou nas Olimpíadas de Tóquio e que há muitos anos faz parte do cotidiano nacional, vêm sendo um incentivo para que as pessoas experimentem novas práticas esportivas, e os dados da nossa plataforma refletem essas tendências. O crescimento do segmento de compra e venda de itens usados indicam a reinvenção do modelo de consumo e reflete os novos hábitos dos brasileiros, que procuram produtos de qualidade com preços mais acessíveis, fomentando a economia circular,", explica Andries Oudshoorn, CEO da OLX Brasil. (Do Diário Comercial)

Aguarde..