Informação, publicidade e prestação de serviços a comunidade | 04 de Julho de 2022

Mamãe Falei admite desistir da candidatura a governador, depois de áudios sexistas

Por Tribuna em 05/03/2022
Mamãe Falei admite desistir da candidatura a governador, depois de áudios sexistas

O deputado estadual Arthur do Val (Podemos-SP), que exibiu sua face em áudio sexista, misógino e com preconceito de classe sobre mulheres na Ucrânia, admitiu neste sábado que poderá renunciar à candidatura ao governo de São Paulo, em aliança com Sergio Moro.

O autor da frase "mulheres ucranianas são fáceis, porque são pobres” disse que tomará a decisão se for pelo bem da terceira via. Moro, seu candidato, que oscila entre 6 e 8% nas pesquisas mais recentes, é apresentado como o candidato desse setor.

"Se eu vou continuar pré-candidato? Não sei, cheguei agora no Brasil. Eu não quero atrapalhar a terceira via, eu não quero atrapalhar meu partido, eu não quero atrapalhar ninguém. Então, se isso for melhor, tudo bem, eu retiro, não tem problema. Eu só quero que as pessoas me julguem pelo que eu fiz, não pelo que eu não fiz", disse ele em um vídeo publicado no Youtube.

Depois da divulgação das mensagens, o pré-candidato à Presidência da República Sergio Moro (Podemos) disse ter rompido com do Val, conhecido também pela alcunha “Mamãe Falei”, seu aliado político.

O parlamentar, conhecido como Mamãe Falei, viajou à Ucrânia, no último dia 28, com Renan Santos, um dos dirigentes do MBL (Movimento Brasil Livre), para acompanhar o conflito após a invasão da Rússia.

Na gravação, ele admite que os áudios foram gravados por ele e enviados em um grupo de amigos que "não tem nada a ver com política" e que "contou vantagem" a eles. "Como a gente é pessoa pública os áudios vazaram, infelizmente, a gente não tem direito nem a privacidade. Fico triste por vocês terem visto isso”, disse.

"Você quer falar que os áudios são escrotos? São. São machistas? São. Eu poderia resumir: aquilo é um moleque, eu estou sendo moleque, essa não é a postura que as pessoas esperam de mim. Quero que você separe as ações das palavras. Eu aceito ser julgado pelo que eu falei, mas não aceito ser julgado pelo que eu não fiz", acrescentou ele, segundo registra o UOL.

 

Aguarde..