Informação, publicidade e prestação de serviços a comunidade | 26 de Maio de 2022

Governo João Doria em queda atinge 65% de reprovação 

Por Tribuna em 05/05/2021
Governo João Doria em queda atinge 65% de reprovação 

Por: Phil Thomas  

Governo João Doria em queda atinge 65% de reprovação 

Uma notícia ruim para o governador de São Paulo, João Doria. Levantamento realizado pelo Instituto Paraná Pesquisas apontou que 65% da população do estado reprova a gestão Doria. 

A pesquisa foi realizada com 1602 pessoas de 92 municípios de São Paulo entre os dias 28 de abril e 1º de maio. A margem de erro é de 2,5% pontos percentuais. Os resultados da pesquisa ficaram da seguinte forma. Aprovam: 30,4%. Desaprovam: 65,3%. Não sabe ou não responderam: 4,3%. 

STF arquiva notícia-crime que investigaria Bolsonaro na compra da Sputnik V 

A Primeira-Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu arquivar, por unanimidade, uma notícia-crime que pedia a investigação do presidente Jair Bolsonaro por ele ter demorado para adquirir doses da vacina Sputnik V. O imunizante contra a Covid-19 foi desenvolvido na Rússia e ainda não foi aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para uso no Brasil. 

O governo anunciou a compra dos imunizantes no dia 12 de março, após um consórcio formado do governadores do Nordeste ter informado que havia negociado a compra de 37 milhões de doses da vacina. 

O país atinge 61 milhões de pessoas mais pobres 

Um estudo da Fundação Getúlio Vargas (FGV) aponta que 22,3 % dos brasileiros que recebe até R$ 2.100 está endividado. Para a instituição, a redução do auxílio emergencial e o aumento do desemprego ajudam a explicar esse fenômeno.  

Esse patamar só foi observado em junho de 2016, quando o governo passou pelo segundo ano de recessão durante o governo Dilma. Agora as 61 milhões que podem entrar para a faixa da pobreza com a redução do auxílio emergencial. 

O endividamento cresceu em todas as faixas de renda, porém, foi sentida entre os mais pobres, pois. O mais preocupante é que estes não têm a chamada "poupança precaucional": recursos destinados para algum imprevisto. 

Saia justa de Mandetta na CPI da Covid no Senado 

Após o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta afirmar em depoimento na CPI da Covid que recebeu por engano uma mensagem do ministro das Comunicações, Fábio Faria, com um questionamento que acabou sendo feito pelo senador Ciro Nogueira (PP-PI), aliado do Palácio do Planalto, o ministro publicou um vídeo no Twitter em que questionou as orientações de Mandetta enquanto chefe da Saúde. 

Leia também: Lewandowski está à frente das demandas da pandemia no STF 

El Salvador destitui a Suprema Corte e instalam a Câmara Constitucional 

Faria citou o mesmo questionamento feito por Nogueira na CPI, sobre a recomendação de que pessoas com sintomas leves da Covid-19 não procurassem hospitais, mas se isolassem em casa. Segundo ele, hospitais de campanha que foram desmontados poderiam ter salvado vidas de pessoas que morreram sem atendimento, e provocou: 'Não vi uma palavra quando desmontaram hospitais de campanha'. 

Juliette atinge 24 milhões de seguidores e vence o BBB21 

Deu o que a coluna havia previsto. A paraibana simpática e comunicativa Juliette, venceu o BBB21 trazendo na bagagem 24 milhões de seguidores. Com 90,15% dos votos, Juliette foi consagrada campeã do BBB 21 na noite de ontem (4). Camilla de Lucas conquistou o segundo lugar do pódio, com 5,23% dos votos, enquanto Fiuk ficou em terceiro, com 4,62%.  

Sem plateia pelo segundo ano consecutivo, devido à pandemia de pandemia de coronavírus, a final foi apresentada por de forma irretocável por Tiago Leifert a poucos metros dos três participantes, no gramado da casa. Além de shows e retrospectivas, a noite teve uma pontinha de tristeza, quando o apresentador transmitiu aos participantes a notícia da morte do ator e humorista Paulo Gustavo, poucas horas antes do resultado final. 

Freio no orçamento 

O presidente do Legislativo, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), anunciou o cancelamento das sessões do Congresso Nacional previstas para ontem (04), quando estava prevista a votação de projeto que suplementa o Orçamento deste ano em quase R$ 20 bilhões, diante da falta de acordo sobre vetos que trancam a pauta. 

Segundo o presidente do Congresso, os líderes de bancada devem se reunir novamente na quinta-feira (06) na tentativa de chegar a um consenso e, a partir daí, será definida a próxima sessão de votações. 

Agora é o lucro do Bradesco 

O Bradesco, segundo maior banco privado do Brasil, divulgou ontem (4) alta de 73,6% no lucro líquido do primeiro trimestre, superando expectativas do mercado em um resultado apoiado por menores provisões e inadimplência. 

O lucro foi impulsionado pela queda de 41,8% nas provisões para perdas com crédito. O presidente-executivo, Octavio de Lazari, disse em fevereiro que 2021 seria um “ano de recuperação”, após o banco ter reservado no ano passado R$ 9,1 bilhões além do provisionamento normal para lidar com as perdas potenciais da pandemia. 

Agências fechadas e redução de 8.500 funcionários 

O Bradesco também controlou fortemente os custos. As despesas operacionais caíram 4,7% em relação ao ano anterior, pois o banco fechou 1.088 agências e reduziu o número de funcionários em mais de 8.500 pessoas. 

Dólar 

O dólar encerrou a terça-feira em alta de 0,22%, cotado a R$ 5,431 na venda, e praticamente compensando a queda de 0,24% registrada na sessão anterior. No ano, a moeda americana já acumula valorização de 4,66% frente ao real. O valor do dólar divulgado diariamente pela imprensa. Paralelamente, o mercado mantém no radar a reunião do Copom (Conselho de Política Monetária), que teve início hoje e termina amanhã. A expectativa é de que o Banco Central aumente os juros básicos da economia — taxa Selic —, atualmente em 2,75% ao ano, para 3,5% ao ano. 

Ibovespa 

Principal índice da Bolsa de Valores brasileira (B3), o Ibovespa terminou o dia em queda de 1,26%, aos 117.712,00 pontos. É a maior baixa percentual registrada desde 23 de março, quando o indicador fechou a sessão em desvalorização de 1,49%. Contribuíram para este resultado o desempenho das ações do Banco Inter (BIDI11) e da Locaweb (LWSA3), que tiveram queda de 7,69% e 5,13%, respectivamente. As maiores altas, ficaram com PetroRio (PRIO3) e Fleury (FLRY3): 3,70% e 2,55%. (Com Reuters) 

Wall Street  

Em Nova York, o índice Nasdaq fechou em forte queda ontem (4), recuando 1,88% aos 13.633 pontos, com investidores ampliando a aposta em ações ligadas à reabertura da economia e, por sua vez, diminuindo a participação dos papéis de tecnologia em seus portfólios. O movimento encontrou suporte ainda em comentários da secretária do Tesouro dos EUA, Janet Yellen, sobre a necessidade potencial de um aumento da taxa de juros a fim de evitar um superaquecimento da economia do país. 

“Pode ser que as taxas de juros tenham que subir um pouco para garantir que nossa economia não superaqueça, mesmo que os gastos adicionais sejam relativamente pequenos em relação ao tamanho da economia”, disse ela em comentários para evento virtual do The Atlantic. 

Publicidade
Aguarde..