Informação, publicidade e prestação de serviços a comunidade | 14 de Agosto de 2022

Estado do Rio de Janeiro ganha a Semana de Prevenção à Gravidez na Adolescência

Lei de autoria da deputada Rosane Felix foi sancionada pelo governador Cláudio Castro

Por Tribuna em 18/04/2022
Estado do Rio de Janeiro ganha a Semana de Prevenção à Gravidez na Adolescência

O Estado do Rio de Janeiro passa a ter a Semana de Prevenção à Gravidez na Adolescência com a sanção da Lei 9640/2022, de autoria da deputada estadual Rosane Felix (PL). O objetivo é disseminar informações sobre medidas preventivas e educativas que contribuam para a redução da incidência da gravidez na adolescência.

"Mães adolescentes são mais vulneráveis à pobreza e à exclusão, e sua saúde é mais frágil. As complicações durante a gravidez e o parto estão liderando as causas de morte entre adolescentes. Por tudo isso, as campanhas de esclarecimento são importantíssimas”, defende Rosane Felix.

Segundo dados do censo demográfico do IBGE, de 2010, adolescentes e jovens brasileiras, entre 15 e 19 anos, que tiveram filhos, são minoria no mercado de trabalho e nas escolas, em relação àquelas que nunca foram mães. Isso significa que essas meninas ficam mais vulneráveis que as demais à pobreza e à exclusão. Além disso, nessa faixa etária, as adolescente e jovens têm maiores chances de complicações no parto, sendo esse tipo de problema uma das principais causas de morte entre meninas.

A sanção da Lei 9640/2022 pelo governador Cláudio Castro (PL) inclui no calendário oficial do estado a semana dedicada à prevenção da gravidez na adolescência, a ser realizada sempre durante a semana do dia 1º de fevereiro. 

Divulgação: Adilson Bahêa

 

Deputada Rosane Felix diz ser fundamental reduzir os casos de gravidez na adolescência 

Aguarde..