Informação, publicidade e prestação de serviços a comunidade | 19 de Agosto de 2022

Entrevista com a Atriz e produtora Michelle Gebara

Por Hildon Carrapito

Por Tribuna em 30/04/2022
Entrevista com a Atriz e produtora Michelle Gebara

Há quanto tempo vc trabalha na área do teatro? E há quanto tempo tem a cia mulheres del Mundo ?

Há 20 anos. A cia surgiu em 2020 a partir da pesquisa para outra peça Internacional chamada Mulheres nascidas de um Nome, do mesmo autor claudio hochman 

- De onde surgiu a ideia de trabalhar assim com artistas de vários países? Como conheceu as atrizes?

O diretor é argentino, como surgiu essa parceria? Surgiu pelo fato de eu buscar a diversidade nos meus trabalhos, sou professora de teatro acessível e faço oficinas culturais nesse sentido e pensei que a peça poderia ter mulheres de diferentes nacionalidades, com deficiência (na outra peça tínhamos uma atriz com down) e também nessa e na outra temos atrizes/cantoras indígenas. Inclusive todas as atrizes do elenco de Ilhas participaram de Mulheres.

A parceria com o Cláudio hochman surgiu justamente por essa oportunidade do on-line e por ter gostado muito dos livros dele. Tem outro, pássaro que voa que quero montar. No caso das atrizes, rosa não conheço pessoalmente, achei por uma hashtag #actrizpanameña e assim começou tudo. Andrea, uruguaia, já morou no Brasil e a Maíra eu já conhecia o trabalho dela em outras vias brasileiras mas não tínhamos trabalhado juntas ainda 

- Qual a maior dificuldade e a maior vantagem desse formato online?

A maior dificuldade é o fuso, no caso do teatro virtual Internacional e também pela falta de controle da internet, que pode cair a qualquer momento. A vantagem é poder trabalhar de casa e conhecer várias atrizes de fora do país e trocar experiências que não seriam possíveis presencialmente. Além disso, gosto muito do audiovisual…então foi uma forma de estar fazendo esse teatro digital e sentindo um pouco dos dois

 

- A peça Ilhas é seu segundo projeto internacional. Fale

Um pouco sobre o projeto e o que são essas Ilhas…

Ilhas são aforismos, pensamentos e reflexões sobre ilhas imaginárias, ilhas reais e a ilha que somos nós. Como a peça fala sobre isolamento, do olhar pra dentro, achei bastante pertinente para o momento da pandemia que passamos e ainda estamos vencendo pouco a pouco. 

 

- A peça Ilhas estreou no seu aniversário. Uma dupla comemoração, né? Até quando fica em cartaz e aonde?

Vocês pretendem fazer a montagem presencialmente? Sim com certeza! Foi muito emocionante estar em cena e comemorar duplamente. A peça vai Até dia 01/05 no YouTube.com/michellerajagebara às 20h com contribuição consciente. É a última semana, sexta a domingo. 

Em relação ao presencial, Se conseguirmos um patrocinador, temos a vontade sim de fazer presencial, pois demanda gastos com viagens e outras coisas mais…outra vantagem que tem o on-line.

Obrigada pela oportunidade da entrevista!!

Aguarde..