Informação, publicidade e prestação de serviços a comunidade | 19 de Agosto de 2022

Elmano candidato de Lula no Ceará cresce e já empata com candidato do Ciro

Elmano Freitas foi lançado para disputar o Palácio da Abolição após um racha na aliança governista, fruto da escolha de Roberto Cláudio (PDT) como candidato

Por Tribuna em 05/08/2022
Elmano candidato de Lula no Ceará cresce e  já empata com candidato do Ciro

Igor Carvalho, Brasil de Fato - Duas pesquisas de intenção de voto para governador do Ceará divulgadas nesta quinta-feira (4) mostram que o apoio de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), candidato à presidência da República, surtiu efeito e impulsionou a candidatura de Elmano Freitas (PT). 

Na primeira, feita pelo Real Time Big Data e contratada pela TV Record, Freitas, que teve sua candidatura anunciada no último dia 30 de julho, já aparece com 20%, empatado na margem de erro com Roberto Cláudio (PDT), que está em segundo com 26% e é apoiado por outro presidenciável, Ciro Gomes (PDT). 

A liderança é do bolsonarista Capitão Wagner (União Brasil), que acumula 35%. Adelita Monteiro (PSOL), que nesta semana anunciou a retirada de sua candidatura, aparece com 1%. Zé Batista (PSTU) e Serley Leal (UP) não pontuaram. Brancos e nulo, somam 9%, e 8% não opinaram. 

O último levantamento do Real Time BigData, publicado em 21 de junho deste ano, sem o nome de Elmano, mostrava uma polarização entre Capitão Wagner (40%) e Roberto Cláudio (35%). Em terceiro, distante, estava Adelita Monteiro (PSOL) (2%). 

À época, não havia uma definição sobre a posição do PT na disputa pelo Palácio da Abolição. Os petistas do Ceará, liderados por José Guimarães e Camilo Santana, assinaram um manifesto em favor da candidatura da atual governadora Izolda Cela (PDT).  

No entanto, Ciro Gomes interferiu na disputa dentro do PDT e impôs a candidatura de seu aliado, Roberto Cláudio, contrariando, inclusive, sua família. Seus irmãos, o senador Cid Gomes (PDT) e o prefeito de Sobral Ivo Gomes (PDT), declaram apoio a Cela. 

Sem acordo sobre o nome e com a posição inflexível de Ciro Gomes, PT e PDT romperam no Ceará e lançaram candidaturas próprias. 

O Real Time BigData (CE-06152/2022) ouviu 1.500 eleitores, entre os dias 2 e 3 de agosto. A margem de erro é de 3%, para mais ou menos. 

Pesquisa Ipespe 

Também divulgada nesta quarta-feira, a pesquisa Ipespe (BR-03845/2022 e CE-01693/2022), contratada pelo jornal O Povo, mostra um avanço mais tímido de Elmano. No entanto, o levantamento começou a ser realizado no dia 30 de julho, data exata do lançamento da candidatura petista ao Palácio da Abolição. 

Na pesquisa da Ipespe, Wagner lidera com 38%, Cláudio tem 28% e Elmano, 13%. Adelita Monteiro e Zé Batista aparecem com 1%. Serley não pontuou. Brancos e nulos somam 11% e 8% não opinaram. 

A pesquisa foi realizada entre os dias 30 de julho e 3 de agosto e a margem de erro é de 3,2%.

Aguarde..