Informação, publicidade e prestação de serviços a comunidade | 07 de Agosto de 2022

ECONOMIA/EUA: Inflação de 9,1% inquieta mercado e tende crescer

Por Tribuna em 16/07/2022
ECONOMIA/EUA: Inflação de 9,1% inquieta mercado e tende crescer

Os EUA divulgaram uma inflação ao consumidor de 9,1% no ano até junho. Esse número, o maior em quatro décadas, abalou os mercados e causou a queda dos índices de ações.

Na visão do bilionário Thomas Peterffy, de 77 anos, fundador e presidente da plataforma de negociação online Interactive Brokers, os investidores precisam se acostumar com a inflação.

“Acredito que as pressões inflacionárias continuarão por anos, não meses”, disse Peterffy à Forbes USA por bate-papo em vídeo, ligando de sua casa em Palm Beach, Flórida. “Esta não é uma questão de curto prazo.”

De acordo com Peterffy, cuja fortuna é avaliada em US$ 18,1 bilhões (R$98,9 bilhões), há várias razões pelas quais a inflação veio para ficar: décadas de déficit crônico nos EUA, interrupção contínua nas cadeias de suprimentos à medida que a globalização se “reverte”, escassez de trabalhadores qualificados e automação crescente, requisitos ESG (ambientais, sociais e de governança) impostos pelas próprias empresas que “aumentam os custos de produção” e paradoxalmente, o aumento das taxas de juros, o próprio mecanismo destinado a conter a inflação.

Da Editoria/forbes-money/Imagem: Seu dinheiro

Aguarde..