Informação, publicidade e prestação de serviços a comunidade | 15 de Agosto de 2022

Dirigentes nacionais do PT antecipam voto por rompimento com Freixo

A corrente majoritária do PT, a CNB, em reunião na tarde desta quarta-feira também fechou com a posição do Rio

Por Tribuna em 03/08/2022
Dirigentes nacionais do PT antecipam voto por rompimento com Freixo

Da Agenda do Poder - Quatro integrantes da executiva nacional do PT já se posicionaram a favor do rompimento da aliança com Marcelo Freixo aprovada pelo diretório estadual em resposta à manutenção da candidatura de Alessandro Molon ao Senado. A corrente majoritária do PT, a CNB, em reunião na tarde desta quarta-feira também fechou com a posição do Rio. 

A deputada Benedita da Silva, que representa o Rio a executiva, se posicionou contra a manutenção da candidatura de Molon. 

“Eu sou uma mulher de palavra”, disse ela, “Testemunhei o acordo firmado, que é defendido pelo próprio Freixo”. 

“André Ceciliano resistiu à pauta bolsonarista na Alerj, sempre foi do PT e não fugiu na hora da defesa firme do Lula, quando ele foi preso injustamente. Esteve ao lado do Lula quando alguns se afastavam. Nos momentos difíceis. Testemunhei o acordo e acho importante que compromissos sejam honrados”, escreveu Benedita nas redes. 

O secretário nacional de comunicação do PT, Jilmar Tatto, e o ex-prefeito de Maricá e vice-presidente nacional do PT, Washington Quaquá, defenderão na reunião desta quinta-feira que o partido desembarque da candidatura de Freixo e apoie o ex-prefeito de Niterói Rodrigo Neves (PDT) ao governo do Rio. 

O ex-secretário nacional de comunicação do PT, Alberto Cantalice, membro do diretório nacional, diz que Molon “traiu” o PT e diz que o deputado está causando prejuízos à campanha de Freixo. 

“É muita desfaçatez. O cara rompe um acordo com o próprio Freixo e depois diz que não fez. O rompimento do acordo por parte do Molon é a causa central desse acontecimento. O PT estava majoritariamente com Freixo. Nós sempre afirmamos que não iríamos abrir mão do acordado e que teria consequências. A vaidade exacerbada e a mesquinharia superam o interesse coletivo”, escreveu Cantalice nas redes sociais. 

 

Aguarde..