Informação, publicidade e prestação de serviços a comunidade | 30 de Junho de 2022

Digníssimos governadores e prefeitos... 

Por Tribuna em 14/04/2021
Digníssimos governadores e prefeitos... 

Por: Phil Thomas  

Digníssimos governadores e prefeitos... 

O Senado aprovou ontem (13), o Projeto de Lei Complementar (PLP) 10/2021, que estende até o fim deste ano a autorização concedida a estados, Distrito Federal e municípios para utilizar, em serviços de saúde, verbas remanescentes de anos anteriores dos fundos de saúde.  

Não comemorem ainda por que a matéria vai à sanção presidencial para ter validade. Para o relator da matéria, Esperidião Amin (PP-SC), o projeto é generoso, tendo em vista que os gestores de saúde e assistência social terão mais liberdade para aplicar os recursos “que não foram poucos e que remanesceram”. Em suma: o povo está preocupado, é “mais raposa no galinheiro”. 

ANS determina que Planos de Saúde liberem testes de diagnóstico da Covid-19  

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) determinou que os planos de saúde terão que dar autorização imediata para a realização de testes RT-PCR, que diagnosticam a Covid-19. Antes, os beneficiários poderiam ter que esperar até três dias úteis para a liberação do exame. 

E se não cumprirem? 

A partir de agora, as redes privadas de atendimento hospitalar serão obrigadas a liberar a testagem de maneira automática. Os critérios para a realizar o RT-PCR constam na DUT (Diretrizes de Utilização), conjunto de normas criadas pela ANS que regulamentam e orientam os procedimentos médicos e exames complementares. Pergunto e dai? Se não cumprirem como é fato, o que vai acontecer? Com a palavra a nada confiável ANS. 

TIM vai pagar R$ 50 milhões por fraude aos seus assinantes 

No topo do ranking das reclamações no setor de telefonia celular a TIM Celular teve confirmada, pelo STJ, a sua "responsabilidade de fornecedora de serviço que praticou, abusivamente, a interrupção das chamadas telefônicas de clientes assinantes da promoção Infinity”. O julgado superior manteve a condenação da operadora a pagar indenização avaliada pelos julgadores que “a indenização no montante de R$ 50 milhões “se mostra plenamente adequada ao desestimulo da conduta ilícita, sem caracterizar repreensão excessiva. 

A ação civil pública foi ajuizada pelo Ministério Público do Distrito Federal contra a empresa de telefonia devido às quedas constantes de ligações e à má qualidade do sinal em todo o país. No caso a TIM passou a oferecer aos seus clientes o Plano Infinity com a promessa de ligações com duração ilimitada, mediante cobrança apenas no primeiro minuto.  

Um inquérito civil público instaurado pela Promotoria de Defesa do Consumidor (Prodecon) e diversos procedimentos fiscalizatórios realizados pela Anatel demonstraram que houve o descumprimento sistemático da oferta publicitária. (REsp nº 1.832.217). 

A vacinação no EUA 

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, assegurou que o governo tem doses suficientes para vacinar toda a população americana, mesmo sem o imunizante da Johnson & Johnson (J&J), após autoridades sanitárias do país recomendarem a suspensão do uso do produto em meio a casos raros de coágulos sanguíneos. 

A informação foi dada durante entrevista a repórteres no Salão Oval da Casa Branca na terça-feira (13/04), o democrata explicou que há cerca de 600 milhões de doses disponíveis, além dos profiláticos da J&J e da AstraZeneca. Para quem não sabe o Censo americano de 1919 já indicava que a sua população é de 325.719.178 habitantes. 

Leia também: Rota de colisão na CPI do Senado

Proposta de CPI pode demorar 90 dias, leia no Informe Tribuna:

Os países que mais vacinam no mundo 

Segundo fontes oficiais o colunista conferiu que até fevereiro de 2021, haviam sido vacinadas 335 milhões de pessoas em todo o planeta, o equivalente de 2% da população mundial, segundo a OMS. De acordo com o levantamento do site Nosso Mundo de Dados, hoje a conta já subiu para 489 milhões de doses, mas a divisão é bem desigual.  

De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), as dez maiores potências do mundo concentram 75% dos imunizantes já produzidos. Em números absolutos, os Estados Unidos lideram a lista, tendo vacinado 130,4 milhões de pessoas, seguido da China com 82,8 milhões e da Índia com 53 milhões de imunizados. 

Já em termos proporcionais, Gibraltar é o primeiro do ranking, seguido de Israel e das Ilhas Seychelles, no Oceano Índico. Por outro lado, 130 nações ainda não receberam nenhuma dose do imunizante, segundo a ONU. 

As brasileiras no topo da riqueza 

A quantidade de capital nas mãos de mulheres vem crescendo a taxas anuais de cerca de 6% no mundo, e poderá atingir US$ 93 trilhões em 2023, de acordo com estudo do BCG (Boston Consulting Group). No ranking de Bilionários do Mundo de 2021 da Forbes, a representatividade feminina cresceu 36% em relação ao ano anterior e contabilizou 328 nomes. 

No cenário doméstico, dentre os 66 bilionários, 12 são mulheres, o equivalente a 18,1% do total. O patrimônio acumulado em suas mãos equivale a US$ 25,7 bilhões, 11,7% em relação aos US$ 219 bilhões da fortuna de todos os brasileiros da lista. 

Este ano, Luiz Helena Trajano (69), presidente do conselho de administração do Magazine Luiza, passou o bastão de mulher mais rica do ano para Vicky Safra (68), que herdou a fortuna do marido, Joseph Safra, falecido em dezembro de 2020. Ela aparece com o patrimônio líquido de US$ 7,4 bilhões, na 339a posição do ranking global. (Com informações da Forbes). 

Dólar 

O dólar comercial encerrou a terça-feira (13) vendido a R$ 5,718, com pequeno recuo de 0,08%. A moeda operou em alta durante a manhã, mas inverteu o movimento e passou a cair para R$ 5,66 por volta das 14h30, após a divulgação de dados de inflação da economia norte-americana. A trégua não durou muito e o ritmo de queda diminuiu ao longo da tarde, até a cotação fechar próxima da estabilidade 

Ibovespa 

O mercado de ações manteve instável durante o pregão, e depois da pequena turbulência o índice Ibovespa, da B3, fechou aos 119.297 pontos, com alta de 0,41%. O indicador chegou a operar em queda durante a manhã, mas recuperou-se durante a tarde. O índice fechou no maior nível desde 17 de fevereiro e passou a acumular alta de 0,23% em 2021. 

Wall Street 

Em Wall Street, o S&P 500 registrou ontem (13/04) novas máximas, ganhando 0,33% aos 4.141 pontos no fechamento, com empresas de tecnologia liderando os ganhos o pregão. O fôlego no mercado norte-americano foi amparado pelos dados da inflação ao consumidor, que subiu 0,6% em março e 2,6% no acumulado de 12 meses, levemente acima das expectativas do mercado. 

A suspensão na distribuição da vacina da Johnson & Johnson também esteve hoje no radar dos investidores. Autoridades de saúde norte-americanas pediram uma pausa no uso do imunizante após relatos de uma condição rara de coagulação sanguínea em seis mulheres. 

 

Aguarde..