Informação, publicidade e prestação de serviços a comunidade | 28 de Maio de 2022

Delegado Orlando Zaccone, se filia ao PDT do RJ

O ato contou com a presença do presidente nacional do partido, Carlos Lupi, e do pré-candidato à Presidente da República, Ciro Gomes.

Por Tribuna em 27/09/2021
Delegado Orlando Zaccone, se filia ao PDT do RJ

O Delegado da Polícia Civil do RJ, Orlando Zaccone, de 53 anos, formalizou sua filiação ao PDT, no Tijuca Tênis Clube (ZN). Coordenador nacional do movimento "Policiais Antifascismo", tem levantado bandeiras pela desmilitarização das polícias, a unificação das corporações e o combate ao extermínio da população negra e pobre por todo do país, e contrário às investidas da bancada evangélica no governo Bolsonaro.

Ciro expôs algumas propostas do Projeto Nacional de Desenvolvimento (PND) e como não poderia ser diferente, abordou a crise conjuntural brasileira. "Todos nós viemos para celebrar esse momento, porque esse movimento para nós, representa um punhado de coisas extremamente transcendentais. A sua filiação ao nosso partido acontece em que a política como linguagem da democracia está sofrendo uma desmoralização generalizada". Pontuou, e ainda acrescentou que a polícia é a que mais morre e que a que mais mata, ressaltando que é preciso mudar este cenário e ter um grande esforço para recuperar o País.

Segundo Lupi, a entrada do delegado foi bem-vinda. A deputada estadual Martha Rocha parabenizou Zaccone como profissional, e salientou a integridade do agora parceiro de partido, quando ela era delegada e chefe da Polícia Civil.

Ivanir dos Santos fez uma breve explanação de sua história, ex-interno da Funabem, trouxe como exemplo a sua trajetória, etapas vividas e como enfrentou as sutilezas do racismo estrutural, assim como violência policial.

Pontuou para uma política nova de segurança, que leve em conta tratar os negros e pobres das favela e periferia como cidadãos, assim como preconizou Brizola, que tinha como máxima proteger da violência policial: os moradores das favelas na época ainda não denominadas "comunidades". Na contramão das estatísticas, Ivanir é hoje uma referência internacional, pós-doutor em História Comparada pela UFRJ, conselheiro do Centro de Articulação de Populações Marginalizadas (Ceap) e interlocutor da Comissão de Combate à Intolerância Religiosa (CCIR). Em tempo, o babalawô recebeu Ciro em sua casa na Mangueira (em 12 de Julho), onde foi convidado como coordenador do programa de governo do candidato.

Para o cicerone da noite, é pré-candidato a deputado federal - “Fico muito feliz de estar com todos vocês nesse momento de filiação ao PDT. É uma honra poder ter essa oportunidade”, pontuou Zaccone, rememorando o trabalho pioneiro construído por Leonel Brizola e Darcy Ribeiro e também brincou com o lançamento da cerveja Cirão da Massa. A noite foi de confraternização, com show com uma pegada nordestina, onde até contou com a participação no palco de Ciro Gomes dando uma palinha na música “Espumas ao Vento” (Fagner).

O encontro contou ainda com as participações de lideranças nacionais do partido, o presidente do Movimento Negro no Rio - Negrogun, coordenador municipal de Trabalho e Renda - Brizola Neto, incluindo os deputados federais Chico D’Angelo (RJ), Paulo Ramos (RJ) e Mário Heringer (MG); o deputado estadual Goura (PR); Secretário nacional de Criatividade e Inovação da FLB/Alberto Pasqualini - Leonardo Lupi, o secretário de Ciência e Tecnologia - Caio Vianna, Alex Chuvas – EDUCAFRO, entre outros. Assim como artistas, como o cantor Tico Santa Cruz.

Publicidade
Aguarde..