Informação, publicidade e prestação de serviços a comunidade | 14 de Agosto de 2022

CPI da Covid; Pazuello e integrantes do 'gabinete paralelo' terão seus sigilos telefônicos quebrados

Por Tribuna em 11/06/2021
CPI da Covid; Pazuello e integrantes do 'gabinete paralelo' terão seus sigilos telefônicos quebrados

A quebra do sigilo telefônico e telemático de 19 pessoas serão feitas, por investigação da CPI da Covid, foram atingidos dois ex-ministros, secretários e ex-secretários do Ministério da Saúde, empresários e um assessor especial da Presidência.

Entre elas, estão Eduardo Pazuello, ex-ministro da Saúde, Ernesto Araújo, ex-ministro das Relações Exteriores, e Mayra Pinheiro, secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde.

 A comissão acha que eles fazem parte de um suposto “gabinete paralelo”, que tratou das questões da pandemia da COVID-19 fora da agenda oficial.

Entre elas, estão Eduardo Pazuello, ex-ministro da Saúde, Ernesto Araújo, ex-ministro das Relações Exteriores, e Mayra Pinheiro, secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde.

A quebra de sigilo também envolve o médico Paolo Zanotto; o empresário Carlos Wizard; o assessor internacional da Presidência da República Filipe Martins; o anestesista Luciano Dias Azevedo; o secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Hélio Angotti Neto; e a diretora do Programa Nacional de Imunizações (PNI) Francieli Fontana Fantinato.

Da Redação/Sessão do Senado Federal/Imagens: Internet

Aguarde..