Informação, publicidade e prestação de serviços a comunidade | 15 de Agosto de 2022

Compositor Fernando Magarça é morto a tiros no Rio

Por Tribuna em 03/08/2022
Compositor Fernando Magarça é morto a tiros no Rio

Fernando Magarça foi baleado na Avenida Dom João VI, em Santa Cruz. Ainda não há informações em quais circunstâncias ele foi morto. Ele escreveu músicas para artistas como Zeca Pagodinho e Dudu Nobre.

Fernando escreveu “Quem não sambou”, "Amor que tenho pra te dar”, “Cangaceiro”, "Fé e Raíz” e "Eta povo pra lutar" 

O compositor Fernando Alberto da Silva, conhecido como Fernando Magarça, foi morto a tiros na tarde desta quarta-feira (3), na Avenida Dom João VI, em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio.

O sambista de 53 anos escreveu músicas para cantores como Zeca Pagodinho, Alcione, Xande de Pilares, Dudu Nobre e Neguinho da Beija-Flor e para o Grupo Revelação e Molejo. Entre as canções conhecidas estão “Quem não sambou”, "Amor que tenho pra te dar”, “Cangaceiro”, "Fé e Raíz” e "Eta povo pra lutar". Ele também era presidente da Sociedade Brasileira de Autores, Compositores e Escritores de Música (SBACEM).

O Corpo de Bombeiros foi acionado às 14h15. O caso foi próximo à estação do Magarça do BRT.

A Polícia Militar informou que agentes do 27º BPM (Santa Cruz) encontraram o homem já sem vida, próximo a um carro.

Segundo testemunhas, houve uma discussão antes dos disparos. Ainda não há informações em quais circunstâncias ele foi morto.

Em redes sociais, Fernando postou um vídeo nesta quarta comemorando ter recuperado a carteira de habilitação.

Aguarde..