Informação, publicidade e prestação de serviços a comunidade | 04 de Julho de 2022

Começam as articulações para as eleições de 2022, leia no Informe Tribuna

Por Tribuna em 25/03/2021
Começam as articulações para as eleições de 2022, leia no Informe Tribuna

Começam as articulações para as eleições de 2022 

O presidente da OAB Federal, Felipe Santa Cruz filiado ao MDB, se for candidato, sabe que poderá mudar de sigla. Vai para o PT com apoio do PSB, PSOL e PCdoB tentará emplacar a legenda de governador. O PT daria o vice. Em troca ele apoiaria Bene ou Lindbergh. 

No âmbito da OAB a estratégia passa pela eleição do (agora) suplente federal do PT e ex-presidente da Ordem fluminense Wadih Damous, com sinais de que liberou seu grupo para apoiar a reeleição do pupilo de Santa Cruz, o atual presidente da seccional do Rio, Luciano Bandeira. Para quem não sabe visite o seu Twitter @wadih_damous e conferir 

Paes... 

Toda articulação passa pelo prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes que acalenta o sonho de ser governador do Rio. Um trampolim para chegar à presidência em 2026. Minha fonte é próxima do 'Dudu'. 

A eleição de 2022 se compara ao joguinho de Lego até as peças se encaixarem. Quem viver verá. O resto é especulação. 

Chineses querem a concessão de gás da CEG Rio 

O mercado de gás natural é promissor no Brasil. Em um horizonte até 2030, a demanda total terá crescimento médio de 5% ao ano, embora possa chegar a 8% anuais caso sejam viabilizados projetos-âncora de procura pelo combustível no âmbito do Novo Mercado de Gás. 

O capital social da CEG RIO, sociedade anônima possui capital fechado, está representado por 1.995.022.644 ações (665.007.548 ordinárias e 1.330.015.096 preferenciais) todas nominativas e sem valor nominal. Do total 49% poderá parar nas mãos de investidores chineses. 

Não é de hoje que empresas estatais e privadas da China operam no setor de eletricidade brasileiro. Essa atuação vai desde o fornecimento de bens e serviços ao controle de empresas de geração, transmissão e distribuição (é o caso da CEG Rio que é distribuidora) cuja gestão dá sinais de fadiga, envolta de problemas na condução da política de relacionamento com o consumidor, terceirizados e o despreparo do seu quadro funcional. 

Economia: Uma notícia boa e outra ruim 

Ao tecer elogios à gestão do ministro Paulo Guedes, da Economia, o presidente da República, Jair Bolsonaro comentou o resultado do Produto Interno Bruto (PIB) no último trimestre do ano passado, que cresceu 3,2% em relação ao anterior, mas caiu, na média de 2020, 4,1% ante 2019. Foi o terceiro pior resultado da história para o período. 

Por outro lado 

Bolsonaro, comemorou o resultado da arrecadação de impostos e contribuições federais no mês de fevereiro anunciado no período da tarde. O resultado de R$ 127,747 bilhões foi o melhor para o mês desde 2000. Em evento no Palácio do Planalto, Bolsonaro listou resultados e ações do seu governo e afirmou que “se não fosse a pandemia estaríamos voando” 

Diplomatas venezuelanos recebem ordem do Itamaraty para deixar o Brasil 

O governo brasileiro deu um ultimato para que os diplomatas do governo da Venezuela, de Nicolás Maduro, saíam do país. Der acordo com notificação feita pela Polícia Federal (PF), eles deverão deixar o Brasil até o dia 2 de abril. A informação foi dada pela colunista Bela Megale, do jornal O Globo. 

A medida ocorre porque o governo brasileiro não reconhece Maduro como presidente da Venezuela, e sim Juan Guaidó. No entanto, a defesa dos diplomatas pretende acionar o Supremo Tribunal Federal (STF) para que eles possam continuar no Brasil. (A informação é da colunista Bela Megale, do jornal O Globo). 

Pandemia: Merkel desiste de impor lockdown de 5 dias 

Na quarta-feira (24), a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, recuou e desistiu de impor medidas de restrição mais rígidas ao país durante a Páscoa. Em um pronunciamento, ela ainda pediu desculpas à população alemã pela incerteza provocada por seu anúncio. 

A ideia era adotar medidas mais rígidas até o dia 18 de abril como forma de frear a disseminação da Covid-19. Entre elas estava um lockdown rígido de 5 dias na Semana Santa, com fechamento de comércios e também de serviços religiosos. 

Bastidores do BBB21 

Em papo durante a madrugada desta quarta-feira (24) No 'BBB21', já começa sinalizar que Fiuk estará na grande final. A dissimulada Juliette, tentor queimar a imagem do cantor diante do público e eliminá-lo no paredão com ele, Carla e Rodolfo. Deu Carla eliminada.  

O papo barraco surgiu por causa de um bolo, com cara de ‘pandeló de padaria’. (com informação do colunista Cecil Conrado) 

Pílula da Pfizer para combater a SARS-CoV-2 

A Pfizer anunciou que começou a testar a segurança em humanos de uma nova pílula contra o coronavírus que poderia ser usada ao primeiro sinal de doença. Se for comprovado o sucesso nos testes, a pílula poderá ser prescrita no início de uma infecção para bloquear a multiplicação viral antes que a condição do paciente se agrave. A informação é da Bloomberg. 

O medicamento se conecta a uma enzima chamada protease para evitar a replicação do vírus. Medicamentos inibidores de protease tiveram sucesso no tratamento de outros tipos de vírus, incluindo HIV e hepatite C. 

“Considerando a forma de mutação do SARS-CoV-2 e o impacto global contínuo da Covid-19, provavelmente será fundamental ter acesso a opções terapêuticas agora e após a pandemia”, afirmou Mikael Dolsten, diretor científico da Pfizer, em comunicado. 

A Pfizer planeja compartilhar mais dados sobre a droga durante a reunião da Sociedade Química Americana, em 6 de abril.  

Dólar 

O dólar comercial fechou ontem (24) com alta de 2,25%, cotado a R$ 5,640 na venda. Foi a maior alta diária desde o dia 18 de setembro do ano passado, quando a moeda subiu 2,79%. 

Ibovespa 

O Ibovespa fechou em queda nesta quarta-feira (24) com uma pressão vendedora exacerbada na última hora de pregão. A mudança de humor veio em meio a uma piora no desempenho das bolsas internacionais com preocupações a respeito dos lockdowns prolongados na Europa. Por aqui, as notícias de bastidores da reunião do presidente Jair Bolsonaro com autoridades para tratar da pandemia são de muito confronto e tensão. 

Mais cedo, as bolsas americanas subiam puxadas pelas ações de empresas mais expostas ao ciclo econômico, mas esse movimento foi revertido no fim da tarde com o problema europeu se somando à potencial alta de impostos no país para pagar os estímulos que o governo Biden deu à economia. 

Por: Phil Thomas.

Aguarde..