Informação, publicidade e prestação de serviços a comunidade | 30 de Junho de 2022

Com Lula, André Ceciliano ultrapassa Romário na disputa pelo Senado

Pesquisa Ipec (ex-Ibope) aponta ainda empate técnico entre Claudio Castro e Freixo e vantagem de Lula sobre Bolsonaro no Rio

Por Tribuna em 24/05/2022
Com Lula, André Ceciliano ultrapassa Romário na disputa pelo Senado

Com o apoio de Lula, o deputado André Ceciliano (PT) ultrapassa Romário (PL), apoiado por Jair Bolsonaro, na disputa ao Senado pelo Rio de Janeiro. Essa é grande novidade revelada pela  pesquisa do Ipec, realizada entre os dias 19 e 22 de maio, com 1.008 entrevista, em todo o estado do Rio de Janeiro, a pedido da Rio Indústria.

Neste cenário, o petista teria 40% dos votos, contra 34% de Romário, acima da margem de erro da amostra, de 3 pontos percentuais. Dos eleitores ouvidos, 20% afirmam que anulariam o voto e 5% não souberam responder. 

Para o Governo do Estado, a situação segue em rigoroso empate técnico entre o governador Claudio Castro (PL) com 18% , e Marcelo Freixo (PSB), com 17%. Na sequência, aparecem Rodrigo Neves (8%), Eduardo Serra (6%), Cyro Garcia (5%), Felipe Santa Cruz (2) e Paulo Ganine (1). Brancos e nulos somaram 30% e 13% não souberam responder. A pesquisa testou ainda o nome de Marcelo Crivella ao governo. Nesse caso, Castro e Crivella teriam 16% cada, contra 15% de Marcelo Freixo.

Para presidente da República, a pesquisa revela que Lula continua liderando no estado, com 46% dos votos, contra 31% de Jair Bolsonaro, num cenário que leva em conta vários outros candidatos. Nesta simulação, Ciro Gomes aparece com 4% e João Dória, que anunciou que sairá da disputa, com apenas 2%. André Janones, Felipe D`Ávila e Simone Tebet aparecem com 1% cada. Os demais – Luciano Bi var, Leonardo Péricles e Paulo Marçal – não pontuaram. 

SENADO 

Num cenário em que não são testados apoios de Lula e Bolsonaro ao Senado, Romário Lidera com 29%, seguido por Cabo Daciolo (PDT), com 10%. Alessandro Molon e Daniel Silveira têm 8%, em empate técnico com André Ceciliano, com 6% dos votos. Considerando a margem de erro para cima e para baixo, o segundo lugar para o senado estaria empatado.

Aguarde..