Informação, publicidade e prestação de serviços a comunidade | 30 de Junho de 2022

Cláudio Castro cresce na pesquisa para governador e Benedita fica na frente para o Senado

Por Tribuna em 02/06/2021
Cláudio Castro cresce na pesquisa para governador e Benedita fica na frente para o Senado

O instituto Paraná Pesquisas entre os dias 28 de maio e 1º de junho fez pesquisa e mostra grande crescimento do governador recém empossado Cláudio Castro comparado as pesquisas anteriores.

O deputado federal Marcelo Freixo (PSOL) aparece à frente oscila entre 23,5% e 25,2% das intenções de voto, mas Castro aparece já em segundo em 2 cenários, dos 3 cenários apresentados pela pesquisa.

Leia também: Debandagem de volta ao PT, depois de novas pesquisas para 2022

PL de deputado propõe fechamento da UERJ

Mas ocorre que Castro ainda tem muita munição pra gastar e está com caixa forte depois do leilão da Cedae e terminando de completar seu time, prometendo mostrar serviços a sociedade, hoje o secretário de Educação Comte Leite Bittencourt deixou a pasta que deve ser passada para o ex-deputado federal Alexandre Valle (PL).

Exonerado da Secretaria de Governo o ex-deputado André Lazaroni vai voltar ao primeiro escalão de Cláudio Castro (PL) na pasta de esporte e o deputado estadual Rodrigo Bacelar assumiu a Secretaria de Governo.

O Governador Cláudio Castro já tinha promovido mudanças nas secretarias de Saúde e Fazenda e nomeado Alexandre Chieppe para o cargo de secretário de Saúde e Nelson Rocha como novo secretário de Fazenda.

Espera-se ainda mudanças na Secretaria de Infraestrutura e Obras do Estado do Rio de Janeiro, que conforme noticiários é disputada a tapas por membros antigos do DEM, e membros novos do PSDB.

Leia também: STF autoriza Lula a processar quem chamar ele de ladrão

SuperVia vai aumentar R$ 0,90 da tarifa, há 7 anos atrás o Brasil parava por R$ 0,20

Fiscalização ou indústria da multa? Com a palavra Eduardo Paes ...

Com esse novo time o governo espera o crescimento eleitoral e a vitória de Castro, e todos lembram que diversos ex-governadores como Pezão nem apareciam na pesquisa, e venceram as eleições, esse é o problema da reeleição, quem tem a máquina estatal e sabe usar, dificilmente perde uma eleição no Brasil.

Porém existe fatores que podem vir atrapalhar que são determinantes em qualquer eleição, nos referimos é claro ao chamado ativismo judicial, considerando que existem alguns inquéritos abertos contra Claudio Castro.

Já  assistimos esses ativismos judiciais acontecer perto das eleições, muitas vezes, em pleno processo eleitoral é dada alguma decisão e expedido um mandado de prisão de uma investigação qualquer, e destrói a vida política de um candidato as vésperas das eleições, como foi o caso de Lula que era primeiro lugar nas pesquisas de 2018 e perseguido por Moro teve a sentença confirmada na 2° instância, sendo preso, o que tirou ele naquele momento do processo eleitoral, e hoje devido a vícios processuais todo aquele processo foi anulado.  

Mesmo que depois o Ministério Público faça o pedido de arquivamento, ou que o tribunal superior anule a decisão, o estrago eleitoral já ocorreu com o desgaste, como ocorreu com o inquérito que levou à prisão o ex-prefeito do Rio de Janeiro Marcelo Crivella (Republicanos).

O levantamento do Paraná Pesquisas ouviu 1.530 eleitores em 44 municípios do Rio de Janeiro, por meio de entrevistas pessoais telefônicas (sem o uso de robôs). A margem de erro é de 2,5 pontos percentuais

Da Redação/Por Ralph Lichotti / Imagens: Internet

Fonte: Paraná Pesquisas

Aguarde..