Informação, publicidade e prestação de serviços a comunidade | 19 de Agosto de 2022

Chamando a Razão

Por Édson Santos

Por Tribuna em 05/08/2022
Chamando a Razão

A eleição de Bolsonaro em 2018 representa uma fratura, um corte, no pacto democrático celebrado na constituinte de 1988. O Rio de Janeiro estado onde Bolsonaro, elegeu se vereador, deputado federal é a origem deste movimento bolsonarista de caráter fascista que ameaça o Brasil. Portanto sua derrota no território fluminense é fundamental para a luta democrática no Brasil.

A candidatura de Marcelo Freixo logrou reunir quase toda a esquerda e de forma inédita atraiu o centro democrático, representado por César Maia para uma projeto de governo alinhado com a candidatura de Lula para presidência da república , com isto criamos as condições de vitória no Rio de Janeiro no plano federal, estadual e da eleição de uma expressiva bancada de deputados federais fundamental para governabilidade de Lula.

Temos dois excelentes postulantes a vaga do senado, o presidente da assembleia legislativa André Ceciliano pela federação que reune PT, PCdoB e PV e o deputado Alessandro Molon do PSB que conta com apoio da federação composta pelo Psol e Rede, ambos com legitimidade para representar o Rio de Janeiro no Senado da República , penso que aceitar esta realidade e avançar na disputa do eleitor fluminense tendo como referência os nomes de Lula e Freixo é o caminho para derrotarmos o fascismo e o fisiologismo representados por Bolsonaro e Claudio Castro.

 

Édson Santos, Ex-Ministro da Igualdade Racial.

Aguarde..