Informação, publicidade e prestação de serviços a comunidade | 22 de Setembro de 2021

Câmara aprova em segundo turno R$ 44 bilhões para novos lotes do auxílio emergencial

Benefício pode variar de R$ 375 a R$ 175

Por Tribuna em 11/03/2021
Câmara aprova em segundo turno R$ 44 bilhões para novos lotes do auxílio emergencial

A câmara dos deputados aprovou nessa quinta-feira (11), em segundo turno, o texto base da PEC Emergencial, proposta essa que altera a Constituição e cria mecanismos para conter gastos públicos. 

O texto aprovado pelos deputados em Brasília, libera a quantia de R$ 44 bilhões extras para custear os novos lotes do auxílio emergencial – benefício criado em abril de 2020 com o intuito de assistir à população mais vulnerável durante a pandemia do coronavírus - os deputados precisam votar agora destaques que podem alterar trechos importantes da proposta para que ela entre em vigor, como por exemplo, a proibição de progressão de carreira de servidores públicos em situações especiais de controle de gastos públicos, como momentos de calamidade pública no país. 

A PEC Emergencial já foi aprovada no Senado na semana passada e agora aguarda aprovação da Câmara para entrar em vigor. 

O valor do novo auxílio emergencial será menor do que oferecido no ano passado, quando começou com o valor de R$ 600 (R$ 1.200 para mães solteiras, chefes de família) e, reduzido meses depois para o valor de R$ 300. 

Paulo Guedes, ministro da Economia, afirmou em coletiva de imprensa no início dessa semana, que o valor deve ficar em torno de R$ 175 para homens solteiros, R$ 250 para casais e R$ 375 para mães que sustentam individualmente suas famílias. 

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Aguarde..