Informação, publicidade e prestação de serviços a comunidade | 14 de Agosto de 2022

Após Bolsonaro fechar fábricas da Petrobras, Brasil gasta R$ 80 bi com importação de fertilizantes

Por Tribuna em 08/02/2022
Após Bolsonaro fechar fábricas da Petrobras, Brasil gasta R$ 80 bi com importação de fertilizantes

Em 2021, o Brasil gastou 15,2 bilhões de dólares – R$ 80 bilhões – em importações de adubos e fertilizantes químicos, praticamente o dobro do que foi gasto ano anterior. Para a Federação Única de Petroleiros (FUP), esse desequilíbrio na balança comercial brasileira tem uma explicação: o fechamento das fábricas de fertilizantes da Petrobras durante o governo Jair Bolsonaro (PL).

A FUP aponta que apesar de ser grande produtor de alimentos, o Brasil é altamente dependente da importação de fertilizantes, com cerca de 85% desses produtos sendo comprada no mercado internacional. Esse tipo de insumo foi o o produto mais importado entre os itens da categoria “indústria de transformação”, segundo dados da balança comercial brasileira, da Secretaria de Comércio Exterior (Secex).

O país adquiriu no exterior 41,5 milhões de toneladas de fertilizantes – incremento de 22% –, a um preço médio de US$ 364,34 por tonelada, 56% acima dos valores pagos em 2020.

O petroquímico Gerson Castellano, diretor da FUP, aponta que a retirada da Petrobrás do setor de fertilizantes, anunciada pelo governo Bolsonaro em 2019, foi um fator que contribuiu muito para aumentar ainda mais essa dependência.

Castello afirma que o Brasil ficou refém de importações para abastecer seu mercado doméstico. “A disparada nos preços de insumos, como o gás natural e o potássio, estão criando o temor de uma possível crise no abastecimento de fertilizantes”, declarou.

Aguarde..