Informação, publicidade e prestação de serviços a comunidade | 03 de Julho de 2022

AgeRio alcança R$ 300 milhões em volume de contratações em 2022

Linhas de crédito apoiam 7.785 negócios do Estado do Rio

Por Tribuna em 16/06/2022
AgeRio alcança R$ 300 milhões em volume de contratações em 2022

 AgeRio alcançou nesta semana o volume de contratação de R$ 300 milhões para 7.785 empresas de todos os segmentos e portes no Estado do Rio de Janeiro (Foto: Luis Alvarenga)

O fomento à economia fluminense registra mais um importante resultado já no 1º semestre de 2022. A AgeRio (Agência de Fomento do Estado do Rio) alcançou nesta semana o volume de contratação de R$ 300 milhões para 7.785 empresas de todos os segmentos e portes em diversos municípios do Estado do Rio de Janeiro. Os dados também contemplam microempreendedores, autônomos e informais que possuem negócios no Estado do Rio. Os novos números da AgeRio reforçam o comprometimento da instituição em estimular a economia fluminense, gerar emprego e renda.

Por meio das linhas de crédito da Agência, os mais de 7.785 clientes têm a oportunidade de investir nos seus negócios e ampliar as suas atividades. Além disso, o apoio aos empreendedores que atuam no Interior do Estado do Rio assegura o desenvolvimento da economia local. A atuação da AgeRio em todas as regiões reflete a aproximação da Agência com o interior, por meio de iniciativas como as parcerias firmadas com prefeituras fluminenses para o Programa de Microcrédito Produtivo Orientado e também dos recentes programas de crédito emergencial do Governo do Estado destinados às cidades que sofreram com as fortes chuvas do início do ano, como Petrópolis, Laje do Muriaé, Aperibé, Rio Claro e Miracema.

O presidente da AgeRio, André Vila Verde, ressalta que o expressivo volume de operações, antes mesmo de encerrar o 1º semestre de 2022, tem relação direta com a melhora da capacidade operacional da Agência e de processos internos: “Cada resultado obtido pela Agência é mais uma empresa, mais um empreendedor que consegue fomentar o seu negócio, empregar pessoas e, assim, ajuda a impulsar a economia fluminense”. Vila Verde enfatizou que os programas de crédito emergencial criados pelo Governo do Estado e operacionalizados pela AgeRio foram cruciais para o resultado obtido no período: “Mais uma vez todas as áreas da Agência estruturaram linhas de crédito com agilidade para seguir a orientação do governador Cláudio Castro de a AgeRio apoiar os empreendedores atingidos pelas chuvas dos primeiros meses do ano”.

Gerente de uma loja de vestuário em Laje do Muriaé, Donato Furtado Bastos destaca o uso do crédito no estabelecimento: “Fiquei muito satisfeito com o empréstimo da AgeRio. Além de ter a minha loja fechada durante vários dias por conta das chuvas, eu estava sem condições de pagar os funcionários e já estava me programando para dispensar alguns. O crédito foi muito importante para manter os empregos, pagar algumas dívidas pendentes e investir na loja. Consegui reformar o meu estabelecimento e continuar o meu trabalho.”

Fonte Gov.RJ

Aguarde..