Informação, publicidade e prestação de serviços a comunidade | 04 de Julho de 2022

A tragédia do CT Ninho do Urubu, leia no Informe Tribuna

Por Tribuna em 08/04/2021
A tragédia do CT Ninho do Urubu, leia no Informe Tribuna

A tragédia do CT Ninho do Urubu 

Hoje quinta-feira (8/4), está completando 26 meses do trágico incêndio no CT Ninho do Urubu. Naquela data dez jovens das categorias de base do Flamengo perderam a vida.  

A auxiliar de serviços gerais Daniele da Silva foi a primeira pessoa a presenciar o incêndio, ela foi demitida pelo Flamengo no último dia 24 após cinco anos de clube e fez revelações importantes sobre o ocorrido. 

Em entrevista ao DIA, Daniele deu detalhes das cenas de terror que presenciou naquela manhã. Ela contou como fez para pedir ajuda ao segurança que estava de plantão e revelou que a maioria dos extintores de incêndios utilizados por ele para tentar apagar o fogo não funcionaram. Ao todo, segundo ela, o funcionário recorreu a cinco equipamentos, mas só um funcionou de forma adequada. 

“Quando chegamos em frente ao contêiner, o fogo já estava intenso. Foi muito rápido. Fiquei parada vendo aquilo tudo na esperança de não ter mais ninguém lá dentro. Mas logo saiu um menino e disse: 'tia, tá cheio de gente lá dentro'. Eu pirei na hora. O fogo já tinha tomado conta da única porta de entrada do contêiner” - disse Daniele. 

STF pode acabar com a Lei Seca 

Vigente do Brasil desde junho de 2008, (Sancionada pela então presidente Dilma Rousseff) a Lei Seca (Lei 12.760) pode estar com os dias contados. O Supremo Tribunal Federal (STF) julga hoje a partir das 14h, uma ação direta de inconstitucionalidade (Adin) proposta pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), que pede o fim da punição. 

A associação argumenta que a lei criada durante o segundo mandato do governo Lula é contraditória e rigorosa ao extremo. Para a entidade, a rigidez da legislação torna passível de punição até mesmo quem consome um bombom de licor ou usa um antisséptico bucal com álcool na composição. 

Só para lembrar a legislação impede que motoristas de veículos automotores, em vias públicas, circulem com concentração de álcool no sangue igual ou superior a 6 decigramas ou sob influência de qualquer outra substância que determine dependência. Se for flagrado, o condutor pode ser multado em R$ 2.934,70, e o valor dobra se o motorista for flagrado novamente dentro de um ano.  

Vacinação segue em ritmo acelerado no EUA 

Em centros médicos e hospitais, em farmácias, colégios e até campos de beisebol, de segunda a domingo e inclusive feriados, a campanha de vacinação dos Estados Unidos acelerou até aplicar cerca de três milhões de injeções diárias. Desde seu início, em dezembro, 101,8 milhões de pessoas (30% da população) receberam ao menos uma dose. Desse total, quase 58 milhões já estão completamente vacinadas. 

Flórida lidera   

São frequentes as notícias de estados que ampliam o leque de cidadãos que podem optar pela inoculação, reforçando a sensação de que o ritmo desta longa e dolorosa crise finalmente está mudando. A Florida é o estado recordista em vacinação. Nova York começou a vacinar os cidadãos na faixa dos 30 na semana passada e incluirá os maiores de 16 a partir desta terça. O Texas já ampliou a cobertura para qualquer adulto, e a maioria dos Estados o fará antes do final de abril. 

Leia também: FHC procura um nome para enfrentar Lula ou Bolsonaro em 2022 , leia no Informe Tribuna

Bolsonaro sanciona a nova Lei de licitações, leia no Informe Tribuna:

EUA: Concorrência no mercado de streamings faz Netflix perder espaço  

A Netflix perdeu espaço no mercado de streamings nos Estados Unidos (EUA) no último ano. Por conta da chegada e avanços de novos concorrentes, como Disney+, HBO Max e Amazon Prime, o pioneiro do setor registrou uma queda de 31%. 

Segundo um estudo da consultora Ampere Analysis publicado pelo diário The Wrap, a quota de mercado da Netflix passou de 29% no início do ano passado para 20% agora, ou seja, uma perda de quase 10%. Mesmo assim, a plataforma continua a liderar, com 74 milhões de assinantes nos EUA, mas os subscritores, somados aos existentes em outros países, totalizam mais de 203 milhões de clientes em todo o mundo. 

Paris em duas rodas 

A Prefeitura municipal de Paris construiu centenas de quilômetros de ciclovias nos últimos anos (170 quilômetros em 2020) como resposta o número de pessoas que se deslocam de bicicleta aumentou 62% em dois anos.  

E os franceses estão aderindo andar na magrela (apelido brasileiro) cada vez o número é maior. “Houve um boom no último ano”, disse Louis Staritzeky, que há uma década ensina a andar de bicicleta na capital francesa. Também observou uma evolução dos alunos: chegam cada vez mais pessoas que “não se sentem muito seguras na bicicleta”. 

Poupança em queda 

O BC (Banco Central informou que a caderneta de poupança registrou saída líquida de R$ 3,524 bilhões em março, acumulando saldo negativo pelo terceiro mês consecutivo em 2021. No mês de março, os saques superaram os depósitos em R$ 4,849 bilhões no SBPE (Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo), enquanto na poupança rural houve ingresso líquido de R$ 1,325 bilhão.  

Dólar 

O dólar reverteu a queda do início do dia e fechou em alta contra o real nesta quarta-feira, avançando 0,74% e negociado a R$ 5,64 na venda. A recuperação na divisa norte-americana foi intensificada após as novas declarações do presidente sobre a Petrobras. 

Apesar do ambiente de riscos, alguns gestores têm considerado os preços do dólar cada vez mais esticados, o que pode aumentar chances de alguma correção num momento em que o Banco Central eleva as taxas de juros. 

Ibovespa 

O Ibovespa terminou o dia em leve alta, ganhando 0,11% aos 117.623 pontos, em uma sessão volátil e, mais uma vez, de baixo volume de negócios, com investidores apostando na cautela frente as indefinições do Orçamento de 2021 e agravamento da pandemia no país. 

Por: Phil Thomas   

Aguarde..